fbpx

A maioria dos uruguaios são proprietários da habitação onde moram

Conforme a Pesquisa Contínua de Domicílios, 18% são arrendatários, 21% são ocupantes e 60% são proprietários. Também há mais domicílios com TV Cabo do que com telefone.

O Instituto Nacional de Estatística (INE) publicou os últimos dados da Pesquisa Contínua de Domicílios e dela decorre que, quanto à habitação, 60% são proprietários de suas moradias, 18% arrendatários, 21% ocupantes e 0.7% ocupam uma habitação sem licença.8.4% têm «problemas estruturais vários», tanto de construção quanto de danos. O INE considera uma habitação com «problemas vários» quando possui quatro ou mais falhas. Essas falhas referem a paredes externas de material leve, cobertura leve ou sem forro, muros com fendas, portas e janelas em mal estado, fendas no chão, caída de rebocos, possibilidades de alagamento quando chove, perigo de desabamento ou banheiro sem descarga.

Sobre 100%, 97.2% têm ao menos um banheiro e 2% compartilham o banheiro com outro domicílio, enquanto que 0.8% não o têm.

Quanto aos bens duráveis, 97,6% têm geladeira, 89,6% têm rádio, 81,9% têm chuveiro elétrico, 77,4% têm máquina de lavar roupa, 61.1% têm microondas e 49.7% têm reprodutor de DVD.

Esses dados mostram que há mais domicílios com televisão por cabo, 65.1%, contra 64.8% que têm telefone, sendo 66.1% que têm um computador. Em relação com esse último, 52.8% têm conexão à Internet e 25.7% têm ar condicionado.

Sobre os veículos, 52.8% têm carro ou caminhonete e 34.7 têm uma moto.

Fonte: El Observador

2014-04-11T18:08:10-03:00abril 11, 2014|Categorías: General|